Fonte: Zhen Jiu

OS CINCO MOVIMENTOS

A teoria dos Cinco Movimentos ou Cinco Elementos fala que o universo é regido pelos mesmos cinco acheterdufrance.com aspectos energéticos. Estes 5 constituintes levam os nomes de: madeira , fogo, terra, metal e água. Os significados semânticos dos nomes são puramente simbólicos, são palavras que tratam de um conceito difícil de definir, principalmente em poucas palavras. Por isso, quando nos referimos ao elemento ÁGUA, não nos referimos ao líquido que todos conhecemos, e sim queremos indicar aquele conceito que analogicamente está relacionado com o frio, o inverno, os ossos, a cor negra, ao gosto acre, a audição, ao medo, os rins, etc. A cada um dos movimentos/elementos se atribuem conceitos relacionados, como dissemos antes, analogicamente.

Madeira Fogo Terra Metal Água
Estação Primavera Verão Canícula* Outono Inverno
Fator Climático Vento Calor Umidade Secura Frío
Processo Nascimento Crescimento Transformação Colheita Armazenamento
Cor Verde Vermelho Amarelo Branco Negro
Sabor Ácido Amargo Doce Picante Acre
Odor Almiscarado Queimado Perfumado Rançoso Pútrido
Órgão Fígado Coração Baço Pulmão Rins
Víscera Vesícula Biliar Intestino Delgado Estômago Intestino Grosso Bexiga
Abertura Somática Olhos, Unhas Língua, Face Boca Nariz Ouvidos e Ânus
Tecido Tendões Vasos Músculos Pele, Pelo Ossos
Emoção Cólera Euforia Preocupação Tristeza Medo
Som Grito Risada Canto Pranto Gemido

*Canícula: Definida como "verão tardio" segundo alguns autores; ou como a transição entre estações (últimos dez dias de uma estação e primeiros dez dias da seguinte).

Uma vez estudada a pertinência de cada um dos elementos, podemos avançar sobre suas relações. Esta teoria explica o funcionamento harmônico do universo, incluindo o do homem.

Estas relações são chamadas de princípios, a saber:

  • § Geração
  • § Dominância
  • § Excesso de dominância
  • § Contradominância

Os dois primeiros explicam o funcionamento equilibrado dos 5 Movimentos, e os outros dois explicam os desequilíbrios. A geração implica nutrição, promoção do crescimento. Se explica então como cada um dos elementos (movimentos) nutre o seu “filho”.

Princípio de geração

A Madeira gera o fogo,
o fogo gera a terra,,
a terra gera o metal,
o metal gera a água
e  a água gera a madeira.

” A madeira se acende e gera o fogo,
o fogo se consome e dele surgem as cinzas (terra)
das entranhas da terra se retira o metal
o metal se funde gerando os líquidos ( agua )
e a agua finalmente nutre os vegetais (a madera).”
Principio de dominância

A dominância implica controle e inibição. Estabelecendo-se um ciclo repetitivo, anteriormente mencionado. O desenho assemelha-se a uma estrela. Por exemplo: a madeira é dominada pelo metal e é dominante do elemento terra. Sem crescimento não tem desenvolvimento; sem dominância não haverá controle desse crescimento, que poderia ser excessivo, e que resultaria prejudicial ao indivíduo.

Geração e controle se opõem e cooperam entre si. Portanto, um equilíbrio relativo é mantido entre a geração e dominância, o qual assegura um cresimento normal e desenvolvimento dos elementos.

Em caso de desequilíbrio nos cinco movimentos, aparecem outros quadros energéticos chamados: excesso de dominância, contradominância e falta de geração.

Pin It on Pinterest

Share This